/ artigos

Como praticar a atenção plena?

Não é novidade para nenhum de nós que manter o foco em atividades diárias, muitas vezes repetitivas, pode ser um desafio.

Nossos trabalhos ou mesmo a vida diária podem envolver inúmeras horas executando tarefas que exigem o máximo de atenção e de assertividade.

Todavia como obter tal desejado nível de foco em meio a tantas distrações?

O que é Mindfulness ou atenção plena?

A atenção plena(Mindfulness) é um estado mental alcançado ao focalizar a consciência momento a momento, enquanto reconhece e aceita calmamente os pensamentos, sentimentos, sensações físicas e o ambiente circundante, de uma maneira gentil e sem julgamento.

Esse tipo de prática tem suas raízes na meditação budista e tem como vários objetivos conduzir o praticante a um estado de concentração elevada.

Um dos possíveis resultados finais com a meditação Mindfulness é estar centrado no presente.

Um entendimento mais claro sobre seus pensamentos, emoções e sensações contribuirá com o tempo para sua capacidade de reação escolhendo como você lida com tudo isso.

A atenção plena pode ajudar em diversas tarefas
A atenção plena pode ajudar em diversas tarefas

Produtividade com atenção plena

Embora o principal objetivo da meditação Mindfulness ou Atenção Plena não seja o aumento da produtividade, esse é um resultado real.

A medida em que você persiste na prática vai adquirindo uma maior compreensão de como a sua mente trabalha e dessa maneira aprendendo a se concentrar melhor.

Mais concentração pode significar mais foco em atividades que envolvem necessária concentração como dirigir, costurar, fotografar e até cozinhar.

Um lugar confortável e agradável
Um lugar confortável e agradável

Com realizar a meditação Mindfullness?

A prática da atenção plena não é excessivamente difícil. O verdadeiro trabalho é lembrar de praticá-la.

Existem várias maneiras de praticar a atenção plena.

Abaixo está uma prática “formal” curta para ajudar você a começar:

  1. Encontre um lugar para sentar que seja seguro, calmo e quieto.
  2. Defina um limite de tempo – pode ajudar escolher um período curto, como 5 ou 10 minutos.
  3. Observe seu corpo – observe como ele se sente contra a cadeira ou almofada. Observe quaisquer dores ou incômodos . Observe qualquer necessidade de se mexer.
  4. Siga sua respiração – siga a sensação de sua respiração quando ela sair e entrar no seu corpo.
  5. Observe quando sua mente vagou – Sua mente vagará, é o que as mentes fazem. Sua atenção deixará as sensações da respiração e vagará para outros lugares. Quando você perceber isso, em alguns segundos ou alguns minutos, simplesmente retorne sua atenção à respiração.
  6. Seja gentil com sua mente errante – Tente não se julgar ou ficar obcecado com o conteúdo dos pensamentos em que se encontra perdido. Volte à respiração e comece novamente.
Tudo que é valioso leva um tempo
Tudo que é valioso leva um tempo

Não deixe de continuar tentando

Como muitas coisas positivas na nossa vida a atenção plena pode levar algum tempo para ser obtida.

Resultados alcançados podem ir bem além do aumento da sua produtividade.

É real o aumento da sua capacidade de inovar, resolver problemas e até mesmo melhorar seu relacionamento com outras pessoas.

Vale muito a pena dar uma chance e tentar desenvolver essa prática.

Como praticar a atenção plena?
Compartilhe