/ dicas

A truta friburguense e sua importância para a cidade

Originária da Dinamarca, a Truta Arco-íris encontrou em Nova Friburgo o clima perfeito para sua reprodução. Além de ser reconhecido pela indústria da moda íntima, produção de morango e flores, o município é, também, considerado a “Capital da Truta”. Com uma produção de cerca de 12 toneladas por mês, Friburgo é a maior produtora do peixe do estado do Rio de Janeiro.

De acordo com A Voz da Serra, o alemão Horst Garlipp foi o precursor da implantação desta espécie no Brasil, mais especificamente em Nova Friburgo. Segundo o jornal, Garlipp investiu, por mais de 40 anos, tempo e dinheiro na criação de trutas, alcançando na década de 1990 a produção de meia tonelada por mês. Com o passar do tempo, o negócio foi despertando o interesse de outros empreendedores.

A aquicultura, hoje, é uma atividade que vem crescendo de forma significativa no Brasil, em especial no estado do Rio, como é possível observar no seguinte trecho extraído do relatório anual da FIPERJ:

“De acordo com o último relatório de produção de organismos aquáticos, publicado pelo extinto Ministério da Pesca e Aquicultura – MPA, (…) a produção aquícola nacional passou de 415.649 em 2009 para 628.704,3 toneladas em 2011, o que representou um acréscimo de 213.055 toneladas de pescado no triênio 2009-2011.” (FIPERJ, 2015)

É incrível pensar em quão significativa é a truticultura para a economia e quanto as pessoas desconhecem a importância da mesma.

Truta na Pedra – Foto Igor Lima

O Festival de Truta de Friburgo

Em Nova Friburgo é possível observar os impactos desta atividade na cidade. Ao longo do mês de Novembro, ocorrerá o tradicional Festival de Truta, que se encontra em sua 17ª edição. A principal atração do festival é um concurso de pratos que contará com a participação de 25 restaurantes do município. Cada restaurante concorrerá com uma receita e a base dos pratos é, claro, a truta.

Além do concurso de pratos, acontecerão workshops e oficinas de gastronomia e degustação de cervejas, cachaças e cafés. O visitante também pode aproveitar para desfrutar das apresentações de bandas locais que serão realizadas no Palco Estação Livre (antiga rodoviária urbana), localizado na Praça Getúlio Vargas.

Se surgiu o interesse em saborear a deliciosa truta friburguense, os restaurantes participantes desta edição são: Arco Íris, Malagueta, Manacá, Natural Mix, Oca Maloca, Pizzaria Girassol, Prediletta, Restaurante Klein, Truta e Boa Cia, Truta na Pedra, Varandão, Le Bon Beck, La Bamba, Atrium, O Bode Expiatório, Braun Braun, Casarão da Cerva, Chakai, Da Terra, Deck, Dom João, Hotel Bucksy, Hotel Fabris e Viva Rô.

Por fim, para quem não é da região, aproveite a desculpa do Festival e venha conhecer Nova Friburgo, a cidade está ansiosa por sua visita!

Autoria:
Bruna Rocha cursa Gestão de Turismo no CEFET/RJ, campus de Nova Friburgo e escreve sobre a atividade turística e suas vertentes. E-mail: [email protected]

A truta friburguense e sua importância para a cidade
Compartilhe